PRÁTICA INCLUSIVA AUMENTOU A PARTICIPAÇÃO

Com as atividades dinâmicas de ensino do Tapembol, todas as turmas que participaram das oficinas tiveram participação efetiva dos alunos.

Santiago Pirrita, Fabíola e Geraldo.

UMA AULA DIVERTIDA

“Atendendo ao convite da Professora Fabíola do Colégio Marista São Luís, realizamos uma apresentação com as turmas do Ensino Fundamental I”… 

“Foi uma excelente recepção dos professores e alunos, com a participação, na prática, nos questionamentos das regras e do jogo propriamente dito. Saímos com o retorno em breve, com futura agenda, uma formação a todos Professores, convidados pela Coordenação de Educação Física e Esportes do Colégio Marista”. Professor Geraldo Anacleto

aula teórica

O ensino do Tapembol para os alunos do Colégio foi dividido em duas partes, com início na parte teórica, contando a origem e história do esporte, seguindo para oficinas práticas na quadra.

História e atualidades do Tapembol foram apresentadas aos alunos.

Colégio Marista São Luís recebe professores divulgadores da modalidade em Pernambuco

O Colégio Marista São Luís recebeu, nesta quinta-feira (19), os professores Manoel Santiago da Silva, Geraldo Anacleto da Silva e Alexandre Gomes da Silva, representantes do Tapembol em Pernambuco, modalidade esportiva criada em Minas Gerais, em 2007. Com o objetivo de divulgar o esporte, será promovida uma aula especial com os estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental.  Pouco conhecido fora da Região Sudeste, espera-se que entre outras habilidades, os alunos Maristas melhorem a concentração e a coordenação motora com o esporte inovador.

Tapembol – foi criado em Caeté (MG) pelo professor de Educação Física, Marco Aurélio Cândido Rocha. O jogo tem como objetivo gerar inclusão social justamente por permitir que todas as pessoas, independente de privações físicas ou idade possam participar. A modalidade é disputada em quadra, com seis jogadores/as de cada lado, um goleiro, dois na defesa, um central, um apoio direito e um apoio esquerdo. São utilizadas as mãos para tocar a bola (mão aberta), dando um toque ou dois na bola, de forma alternada e sem segurar, com o objetivo de fazer o gol. O goleiro é o principal protetor da área e possibilita a conexão das jogadas.

Clique aqui para ver a matéria no site oficial do Colégio Marista!

Deixe um comentário sobre o Tapembol