TRÊS DIAS DE COMPETIÇÃO

A Escola Plena Ramon de Tangará da Serra, Mato Grosso, recebeu 07 (sete) escolas do Município para a realização do I INTERCÂMBIO PLENO DE TAPEMBOL.

A Competição aconteceu nos dias 12, 13 e 14 de Novembro de 2018 e contou com a participação média de 150 alunos de todas as escolas participantes.

ABERTURA

JOGOS

FINAL

PREMIAÇÃO

integração

O i intercâmbio pleno de tapembol realizado na escola plena Ramon contou com a participação de 7 escolas

A competição contou com aproximadamente 80 atletas das outras escolas e as equipes do ensino médio  da Escola Plena Ramon,  sendo 9º ano A, 9º ano B, 1° ano A, 1º ano B, 1º ano C, 2º ano A, 2º ano B, Os Plenos, Milagres acontecem e os 100 Qualidades, totalizando 16 equipes Masculinas e 12 equipes mistas.

ESCOLAS INTEGRANTES

João Batista
Gentila Muraro
José Nodari
Manoel Marinheiro
Hélcio de Souza
13 de Maio
Plena Ramon

ORGANIZAÇÃO

A competição, sua preparação e a formação das escolas parceiras foram organizadas pelo Professor de Educação Física da Escola Plena Ramon Eduardo Suares (foto), Diretor Estadual do Tapembol no  Mato Grosso, responsável pela popularização do Tapembol no Estado.

O EVENTO

A abertura do evento contou com a presença de pessoas importantes para compor a mesa de honra, como a Diretora Lenilza da Escola Plena que sediou os jogos, o Diretor do CEFAPRO de Tangará da Serra Antônio Marcos, a Professora Antônia responsável pelas formações do CEFAPRO, o Vereador Fabão, o Secretário Municipal de Esportes Aniballe e o Diretor Estadual do Tapembol de Mato Grosso, o  Professor Eduardo Suares.

Para abrilhantar a abertura, os atletas se posicionaram ao som do Hino Nacional com a apresentação da mesa de honra, o juramento dos atletas com o aluno Guilherme da equipe os PLENOS e logo após uma bela apresentação de música do “Cantarei” equipe do coral da escola plena.

A EXPERIÊNCIA

O Professor Eduardo relata a experiência no segundo dia de competição:

“Foi um sucesso! As equipes visitantes cada vez mais entusiasmadas e alegres devido ao Tapembol. Teve mais interação com as equipes de fora fazendo novas amizades e amizades saudáveis no meio do esportivo. Os atletas participantes já cobraram para organizar uma escolinha do Tapembol pois amaram esse esporte, pois ele é novo e inovador, não tem quase contato físico e deve sempre estar passando a bola para seu colega de equipe. Lindo de ver o sorriso dos jovens e ver a disputa em quadra no Fair play com jogo limpo”.

“O 1° Intercâmbio Pleno de Tapembol contou com a ajuda dos alunos do 1º ano C da Escola Plena na arbitragem, no suporte técnico de som, na recepção dos visitantes, vistoria no pátio da escala, sendo o meu “braço direito” no evento”, finaliza o Professor. 

A GRANDE FINAL

“O último dia foi mais do que especial, pois todos os quesitos foram atendidos”, relata o Professor Eduardo:

“O terceiro e último dia foi um sucesso, pois passaram aproximadamente pela escola Plena Ramon cerca de 100 atletas de fora e não houve nenhum desentendimento em quadra ou na arquibancada. Pelo contrário, aconteceu a formação de novas amizades, interação e socialização entre as sete escolas participantes”.

Na entrega das medalhas teve a participação do professor e assessor pedagógico de Tangará da Serra, Saulo Scariot, o Vereador Fabão, a Diretora Lenilza, o professor Edson de educação física aposentado na escola Ramon e a participação do Diretor Estadual de Tapembol, o Professor Eduardo Suares.

“As equipes vencedoras ficaram felizes deixaram e enfatizaram que mostraram o Tapembol para amigos e familiares pois é um esporte ótimo”, comentou o Professor Eduardo.

CLASSIFICAÇÃO

As duas categorias disputadas premiaram os atletas do 1º ao 3º lugar:

MASCULINO

MISTO

1° Lugar – 9º Ano B
2° Lugar – Os Plenos
3º Lugar – 2° Ano A

1° Lugar – Os Plenos
2° Lugar – Escola Gentila Muraro
3° Lugar – 2° ano B

1 COMENTÁRIO

  1. Nossos parabéns ao Professor Eduardo, equipe Plena, atletas e todos envolvidos nesta grande competição que marca o Tapembol no Estado do Mato Grosso! Excelente experiência para todos!

Deixe um comentário sobre o Tapembol