TEORIA E PRÁTICA

A Professora Karina Silva Araújo Mangueira apresentou o Tapembol para Graduandos e Professores de Educação Física no XIX Congresso Estadual de Educação Física, realizado em Aracajú, Sergipe, nos dias 27 a 29 de abril de 2018 no Complexo Esportivo da Universidade Tiradentes.

O evento promovido pelo Departamento de  Educação Física da Secretaria Estadual de Educação Física e tem como público alvo acadêmicos e professores de Educação Física.

O evento acontece anualmente e em 2018 a grande novidade foi a Oficina de Tapembol ministrada pela Professora Karina Silva, professora da Rede Estadual-Salgado e Rede Municipal-Lagarto.

Apresentação de TRabalho

Banner mostrando a origem, regras e evolução do Tapembol no Brasil.

O Tapembol na prática

Iniciação, recreação, tipos de toques e demonstração .

A oficina contou com 60 inscritos e aconteceu no dia 27 de abril, divididos em duas turmas (manhã e tarde).

A Oficina de Tapembol se tornou um marco em Sergipe. A modalidade tem sido ministrada em algumas escolas por professores como conteúdo bimestral, nas cidades de Aracaju, Socorro, Salgado e Lagarto.

Ter ministrado a oficina de Tapembol foi um grande desafio. Conheci a modalidade através da revista do CONFEF 2016 e logo entrei em contato com o professor Marco. No ano seguinte 2017 foi conteÚdo da disciplina de Educação Física na Escola Municipal José Antônio dos Santos, sendo um grande sucesso. Se deu certo na escola, é hora de socializar o que aprendi em video, textos e prática nas minhas aulas, com os meus colegas professores. No final da oficina, durante a avaliação que fizemos, os participantes disseram ser uma modalidade prazerosa e fácil de aprender/ensinar. Novos frutos surgiram. Como colaboradora do Currículo Sergipano, sugeri o Tapembol como Esporte de Invasão. Terminei a oficina realizada e na certeza que cumpri bem o meu grande desafio... ensinar estudantes e professores o TAPEMBOL.
Karina Silva Araujo Mangueira.
Professora de Educação Física

Deixe um comentário sobre o Tapembol