Você conhece o tapembol? Criado no Brasil, o tapembol é considerado um jogo inclusivo porque não é preciso ser atlético pra jogar bem

Entrevista com o Professor Marco Aurélio
Dágma Corradi fez a indicação de Reportagem

Criado há 9 anos por um professor de Educação Física em Caeté, Minas Gerais, o tapembol é considerado um jogo inclusivo porque qualquer um pode jogar. E não tem essa de prender a bola: só é permitido dar dois toques antes de passá-la adiante. Alto, baixo, magro, gordo, não importa: o  que conta no tapembol é a vontade de fazer gol.

Clique aqui e acompanhe a matéria no site do Programa Como Será?

Deixe um comentário sobre o Tapembol