O Tapembol foi apresentado no 1º Congresso Líbero Americano de Desporto, Educação, Atividade Física e Saúde, pela Universidade Lusófona, em Lisboa, Portugal, pelos graduandos em Educação Física Souza da Costa, I., Caxeta da Silva, R., Ferreira Olanda, A., Tiengo Cristina de Oliveira, R., Fernandes da Silva, com o Tema: O tapembol como uma possibilidade de conteúdo básico na educação fisica escolar, com orientação do Instituto Federal do Sul de Minas.

O artigo foi publicado na Revista Gymnasium, de Educação Física, Desporto e Saúde.

O TAPEMBOL COMO UMA POSSIBILIDADE DE CONTEÚDO BÁSICO NA EDUCAÇÃO FISICA ESCOLAR

Souza da Costa, I., Caxeta da Silva, R., Ferreira Olanda, A., Tiengo Cristina de Oliveira, R., Fernandes da Silva, F. Instituto Federal do Sul de Minas, Brasil.

Introdução:

A educação física (EF) sofreu diversas alterações com o passar dos anos, e atualmente tem como objetivo formar um cidadão capaz de posicionar-se criticamente diante das novas formas da cultura corporal de movimento. O ensino médio por sua vez, merece atenção, pois alguns estudos apontam uma progressiva desmotivação em relação à EF, uma possibilidade pedagógica que pode ser inserida é o Tapembol (TPB) é baseado no Handebol. Foi criado em Caeté/MG – em julho de 2007, na Escola Centro Educacional Washington de P. e Silva, por meio de uma experiência do professor Marco Aurélio C. Rocha. De uma simples brincadeira de “tapa na bola”, o aluno através do desejo de jogar algo diferente surgiu um novo jogo que foi sendo construído coletivamente (ROCHA, PRUDENTE E MEDINA, 2010). O presente verificou o nível de aceitação de alunos do ensino médio em relação ao (TPB).

Veja o artigo completo em nossa página de Downloads.

Deixe um comentário sobre o Tapembol